Cartas al director: Atrofodermia de Pasini e Pierini

M. Zanini

DOI:10.4464/MC.2013.41.5.5098

Prezado editor, Relata-se um caso de paciente do sexo feminino, morena, 65 anos, apresenta manchas escuras e assintomáticas no abdome com três anos de evolução. Relata que começou após uso de repositor hormonal exame, dispersas em abdome e flancos, múltiplas placas hipercrômicas e discretamente brilhosas, deprimidas e bem delimitadas (Figura 1). Não havia endurecimento da lesão, bem como não foram observados alterações perilesionais. O exame clínico geral e a investigação laboratorial não identificou nenhuma alteração, incluindo anticorpos antinucleares.

Leer el artículo completo